Do que é feito o nosso shampoo sólido?

No post anterior conversamos um pouco sobre o porque trocar o shampoo tradicional pelo sólido, não viu?! Pois corra lá para ver!



Segue o link!



Agora que você se convenceu a utilizar o shampoo sólido, vamos falar sobre o nosso da Recoh? O primeiro ponto positivo é que ele não é saponificado, ou seja, não é um sabonete que você passa no cabelo para limpar ( sim, as vezes acontece de encontrar esse tipo de "shampoo"). O problema desse processo é que para ocorrer a reação da saponificação é adicionada uma base muito forte aos lipídios e isso pode não ser muito legal para os cabelos.


Massssss, vamos lá! Sobre o nosso shampoo...

A base tensoativa do nosso shampoo sólido é de base vegetal, o isetionato, que promove limpeza sem ressecar o cabelo, além de conter bioflavonóides na composição, controlando a oleosidade. Esta base substitui algumas substâncias como o sulfato de sódio, o tal do lauril sulfato, causador de alergias e irritações, além de ser derivado do petróleo.


Utilizamos na formulação dois óleos e uma manteiga e vamos falar sobre cada um deles.


O óleo de coco, que é altamente nutritivo e recupera os cabelos danificados, devolvendo a umidade natural, hidratando e promovendo brilho desde a raiz, além de ter propriedades antifúngicas, antibactericida, também é calmante e auxilia no controle da caspa.


Colocamos também o óleo de rícino, pois ele fortalece os frios fragilizados, auxiliando assim no crescimento. O rícino, nutre e reconstrói desde a fibra capilar, trazendo maciez e brilho, além de evitar quebra.


A manteiga utilizada nesta formulação é da manteiga de karité, rica em ácidos graxos, vitamina A e E, além de ser revitalizante e ajudar na absorção e retenção da umidade.


Nossa fórmula leva argila branca, pois é riquíssima em minerais, repondo e estimulando a circulação sanguínea, levando ao crescimento de fios saudáveis, além de ser desintoxicante, equilibra o pH do couro cabeludo, hidrata, e rejuvenesce, o máximo né?


O mais legal, é que não acaba por aí... aromatizamos nosso shampoo com óleos essenciais pensando na propriedade de cada um eles, são três: cedro, alecrim e hortelã.









O óleo essencial de hortelã é estimulante, ajuda na caspa e é antisséptico. Já o óleo essencial de cedro contribui para o crescimento e retarda queda, pois estimula os folículos pilosos e aumenta a circulação, também combate a seborreia, caspa e alopecia, enquanto o óleo essencial de alecrim auxilia na saúde do couro cabeludo. Ele ajuda na queda de cabelo, dermatite seborreica, caspa... é antioxidante, estimula o fluxo sanguíneo ativando a circulação do bulbo, e mais, é antinflamatório, antifúngico e antibactericida! UFA!


Se esse shampoo não é completo, eu nem sei kkkkk


Gostou? Mande para um amigue e se quiser saber das propriedades do nosso condicionador sólido, deixe aqui nos comentários!



20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo